Morto em confronto com a PM, homem que matou mãe e filho terá corpo levado para Maranhão

Veja como foi a cronologia deste triste acontecimento que começou com um caso de amor e terminou em tragédia que abalou a cidade de Ribas do Rio Pardo

Por Ricardo Ojeda em 02/06/2022 às 18:56:04

O corpo de João José Furtado Nunes, de 32 anos, que matou a ex-companheira e o filho dela a facadas já foi liberado pelas autoridades policiais de Ribas do Rio Pardo, seguiu para o IML de Campo Grande, para confecção do atestado de óbito e em seguida será liberado à funerária que vai preparar o corpo que será transladado para a cidade de Pinheiros, no estado do Maranhão.

Ele residia em Ribas do Rio Pardo há poucos meses e trabalhava em uma empresa de construção civil, quando conheceu Daniela Luiz (30 anos). Ela tinha um casal de filhos, um de 14 anos, Gustavo Luiz e uma menina de 4 anos.

Após alguns meses, ocorreu a união do casal e ele se mostrava amável com as crianças. Decorridos mais algum tempo, o comportamento dele começou a mudar para agressividade contra a vítima. Foi quando ocorreu a separação e ele retornou para Pinheiros, no Maranhão.

Após algum tempo, ele voltou novamente à Ribas do Rio Pardo e foi morar próximo à casa da ex-companheira, no mesmo bairro.

Ele tentou reatar, porém ela não aceitava conviver com o ex-companheiro, apenas queria sua amizade.

nfelizmente, não aceitando a decisão da ex-companheira, João, em posse de uma faca, foi ao quarto dos fundos da residência e desferiu várias facadas na mulher, que veio a óbito ainda no local.

Não satisfeito, ele entrou no imóvel principal e matou o menino, filho da mulher, prosseguindo a crueldade na vó da criança, aplicando várias facadas na mulher, Dona Cleusa.

AVÓ DA CRIANÇA É SOCORRIDA COM VIDA

Ela foi socorrida com vida e está internada em estado grave em um hospital de Campo Grande.

Após os ataques, o assassino evadiu-se do local, enquanto a filhinha de 4 aninhos da vítima, toda ensanguentada saiu em busca de socorro.

CAÇADA POLICIAL

Após várias diligências, o assassino foi localizado nos fundos de uma casa onde estava escondido, no bairro Parque dos Ipês, próximo a Rodoviária Municipal.

No local, ele de posse da mesma faca que tirou a vida de duas pessoas, tentou atingir a equipe policial, que reagiu, disparando contra o suspeito.

Confira abaixo a entrevista do repórter Pedro Claro com o delegado de policia Civil Drº Bruno Santacatharina


FLAGRANTE DOS POLICIAIS MINUTOS APÓS O CONFRONTO COM O ASSASSINO QUE FOI MORTO A TIROS PELA POLÍCIA MILITAR APÓS REVIDAR CONTRAA EQUIPE


Ele foi levado ainda com vida ao hospital, porém ao dar entrada não resistiu, vindo a óbito, ampliando para a terceira morte ocorrida em Ribas do Rio Pardo, envolvendo a mesma ocorrência.

A empresa em que João José Furtado Nunes trabalhava, independente da situação, prestou todo apoio, inclusive enviando a advogada Rozana Gomes, para providenciar a liberação do corpo e acertar os detalhes do translado para a cidade de Pinheiros (MA), onde reside a família do acusado.

Os corpos das vítimas, mãe e filho, nesse momento estão na funerária sendo preparados e provavelmente deverão ser liberados a qualquer momento para serem velados e posteriormente sepultados, provavelmente no cemitério local.

Conforme informações, o clima de cidade é de consternação, tristeza e luto. Em todos os lugares a ocorrência é o assunto das rodas de conversa.


CIDADE EM LUTO

O prefeito João Alberto Danieze está em viagem a trabalho, e por telefone, falou ao Perfil News, dizendo que está muito triste e consternado com a ocorrência.

"O município lamenta profundamente tanto a morte desta senhora, como a deste garoto, que era aluno de uma escola municipal, tivemos a notícia agora que a polícia agiu prontamente, houve confronto com o assassino, ele acabou baleado e veio a óbito. Um incidente que nos traz profunda mágoa, profunda tristeza, e nós já colocamos nossa equipe da assistência social para dar todo apoio necessário à família e o suporte, inclusive, para avó da criança que está internada em Campo Grande. Estamos torcendo e orando para que ela sobreviva, apesar da gravidade do fato. A prefeitura tem colocado toda sua equipe à disposição para que possamos dar para essa família todo conforto que é necessário nessa hora de muita dor", finalizou.


Fonte: Perfil News/Redação 90FM

Comunicar erro
Suzano - Agente do Beiii

Comentários

ALERTA GRANDE